logolaranja.png
..::data e hora::.. 00:00:00

Instituto “Toninho Fagundes”, apresenta projeto
de valorização de jovens atletas

     Antônio Carlos Antunes Fagundes, presidente do Flamenguinho e do Instituto “Toninho Fagundes”, foi recebido pelo prefeito Márcio  Amaral (MDB), dia 24 de fevereiro de 2021, junto sede central da Prefeitura Municipal, na Praça Getúlio Vargas.
    Na oportunidade, Toninho Fagundes  apresentou o Projeto Social Cultural Desportivo – denominado Flamenguinho: “As cores de Alegrete”.
Segundo a apresentação  do Projeto “Flamenguinho: As cores de Alegrete”, tem como responsabilidade ser uma  manifestação de amizade e reconhecimento da Escolinha do Flamenguinho  em busca de  uma celebração da cultura de Bairro pelo Futebol.
Considerando ser um movimento de ocupação respeitado e relevante para a comunidade, oferecendo Educação, Cultura, Lazer e Conhecimento através de viagens  para participação e disputa de competições nacionais e internacionais, o que lhe assegurou o reconhecimento em diversos lugares do mundo.
“A violência é o fruto da falta de educação e da convivência social”. Somente o Esporte é capaz de mudar estes  conceitos e estatísticas  que somente aumento diariamente  junto aos  nossos bairros, razão  que necessitamos construir alternativas concretas para diminuir estes índices alarmantes.
    E este Projeto de Esportes “Flamenguinho: As cores do Alegrete” – foi concebido pela  visão da  nova gestão política-administrativa do Governo Municipal, através de parceria público-privado.
Sendo um Projeto que logrará êxito em formar atletas, e sendo maior feito é utilizar a prática Esportiva – o Futebol, esporte  que sempre foi o mais praticado em todos os espaços dos bairros (Campinhos, Campos de Várzea e Praças Esportivas), quando o Flamenguinho está propondo levar para estes  ambientes (periferias), como ferramenta principal de uma coletivo forte que, transforma a Vida.
    Sabedores de que, - “A Educação é o único caminho para emancipar o homem” – além de incentivar o Esporte o Flamenguinho, trás a responsabilidade  de criar convivência, pois teremos   muitas crianças, em ambiente multicultural, onde meninos    e meninas treinarão juntos.
Como o Projeto é uma manifestação  cultural e  educacional, teremos que buscar a sustentabilidade econômicos, através de parcerias publico-privado.
    Estes  recursos para o fortalecimento dos  meios esportivos e pedagógicos para não limitar as crianças  em faixas - etárias, motivando e dividindo as equipes pedagogicamente correto  conforme faculta as normas de práticas  esportivas e pedagógicas corretamente, justificou o dirigente do Flamenguinho.

 

O projeto:

    O Projeto “Flamenguinho: As cores do Alegrete”- será destinado a crianças e pré- adolescentes de 6 à 13 anos. O Projeto Piloto:
* Terá início em Cinco (5) Polos Estratégicos da Cidade: 1- Bairro Vila Piola (Quadra de Esportes da Escola “José Antônio Vilaverde Moura”); 2- Bairro Vila Nova (Campo de Futebol do EC Vila Nova); 3- Bairro Macedo – Zona Central (Campo do Esporte Clube Nacional); 4- Bairro Zona Leste (Campo do Palmeiras); 5- Bairros  Nova Brasília, Nilo Soares Gonçalves, Pro-Morar  (Praça da Juventude  João Saldanha); 6- Bairros Zona Sul – (Quadra da Escola Paul Harris), sendo que, os locais poderão ser alterados para as quadras e praças Esportivas da Municipalidade.

 

Atividades Desenvolvidas:

    O projeto prevê  ser   desenvolvido duas (02) vezes na Semana em cada local definido, inclusive  com oferecimento de Lanches para os participantes; Período de cada  atividade será de 90 minutos  por turma, disse  Toninho Fagundes.
Ao receber o projeto, o Prefeito Municipal, Márcio Amaral (MDB), mostrou receptivo pela sua importância social e que, virá corroborar para formação de talentos, maior inclusão social e redução de um dos priores  problemas  sociais que está acontecendo não só  em Alegrete, mas, de âmbito mundial que, são envolvimento destes jovens no uso e consumo de drogatização. Com os jovens sendo incluídos nestes processos de socialização e convivência social e desportivas, com certeza teremos redução destes índices de consumo e violência que, tem origem nas drogas, disse o chefe do Poder Executivo. Determinarei estudos e analises para buscar as formas legais de encaminhamentos para execução e efetiva participação da Municipalidade, concluiu Márcio Amaral – que elogiou a iniciativa de que todos integrados buscarem alternativas concretas e sérias. Precisamos mudar nossos  comportamentos e atitudes e participarmos de forma efetiva com iniciativas e ações concretas, ponderou Ele.
 

linha.png