logolaranja.png
..::data e hora::.. 00:00:00

Mobilização empresarial mudará

perfil econômico de instabilidade

Comércio Unidos e Forte, possibilitará que as compras locais sejam foco de todos os alegretenses.

 

    A fiscalização Prefeitura tem realizado intenso trabalho com o objetivo de garantir o cumprimento dos decretos e medidas de distanciamento controlado. Entre várias ações, os fiscais estão cobrando, diariamente, o uso da máscara. Mesmo com todas as informações disponíveis, algumas pessoas ainda não se conscientizaram da importância do uso deste equipamento de proteção individual.

     A fiscalização lembra que o Decreto Estadual 55.240, de 10 de maio de 2020, estabelece o uso obrigatório de máscara em todos os lugares, inclusive nas ruas. O valor da multa para quem circular sem máscara é R$ 183,28, referente a uma Unidade de Referência Monetária de Alegrete.

     Nos últimos dias, o município viu aumentar o número de casos positivos de Covid-19, chegando a 5 óbitos confirmados. Por isso, a necessidade de todos adotarem as medidas de prevenção para que esses números não se multipliquem.

 

Abrace Alegrete terá grande mobilização

     O Centro Empresarial de Alegrete, através de sua diretoria, associados e agentes do desenvolvimento econômico de Alegrete, dentro de uma visão holística de resgate do comércio, bens e serviços da Cidade, está lançando uma grande Campanha de Valorização do Comércio local, visando fomentar a economia local despertando no consumidor um laço de cooperação com desenvolvimento e sustentabilidade das empresas e de seus colaboradores com isto, consequentemente, viabilizando e garantindo a permanência dos empregos, receita e recursos para Alegrete, destaca Francisco Prado Pedroso, dirigente do CEA.
      A referida Campanha de conscientização de compra no comércio local, está alicerçada como base nas datas comemorativas e ações de vendas como mês de outubro – alusiva ao Dia das Crianças; Black Week em novembro e Natal e Ano Novo no mês de dezembro, destacou Maria Inês Tamiozzo Vaucher, diretora Executiva.
      Francisco Prado Pedroso, destaca que o Centro Empresarial estará sorteando R$ 5 (cinco Mil Reais), em premiações nas mais diferentes modalidades, inclusive onde os colaboradores de cada loja/empresa, também serão contemplados.
      A referida campanha terá como alvo principal, empresários associados, colaboradores, microempresas e consumidores de Alegrete que, associarão nesta iniciativas que tem como foco principal motivar as pessoas comprarem no comércio local porque tem produtos de qualidade, preços compatíveis, atendimento diferenciado e presencial, vantagens de crediários e facilidades de trocas ou devoluções, diferente do que as redes sociais oferecem, destaca o dirigente do CEA.
      Comprando no Comércio local, além de gerar riquezas e empregos, está gerando desenvolvimento, impostos e qualidade de vida a todos os alegretenses, através de investimentos públicos que, estão sendo realizados em todas as áreas, disse Francisco Pedroso.
Sem a nossa efetiva participação teremos muitos problemas futuros como desemprego, menos investimentos, empresas fechadas, redução em melhorias em saúde, educação e segurança publica, acrescenta o dirigente empresarial.

 

Histórico

      No final da década dos anos 80 e 90, Alegrete viveu período de muitas dificuldades financeiras e falta de recursos em razão da crise da lavoura arrozeira, onde os reflexos foram danosos para todos os setores da economia.
      Mas, Alegrete e sua gente se organizou, mobilizaram-se as forças e todas as crises foram vencidas com muito entusiasmo e otimismo.         Quem não lembra do Movimento “Te Mexe Alegrete”? Comércio Unido e Forte? Compre aqui na sua Terra? E outros tantas campanhas que marcaram os tempos difíceis. E, agora, não será diferente, acrescentou o experiente dirigente, Milton Araújo, que a época estava frente a estes movimentos. Precisamos nos unir e vencer todos estes desafios que estão postos diante da pandemia. E só com união e força de todos é possível.

      Precisamos estarmos associado, fortalecidos e unidos para vencermos estes momentos e expectativas que temos aí, acrescentou Deonir Martini, presidente do Conselho Superior do Centro Empresarial de Alegrete.

 

linha.png